A Pedra do Baú é uma das intrigantes e fascinantes formações rochosas que fazem a “moldura” do horizImage result for Por que ir a Campos do Jordão: a Pedra do Baúonte de Campos do Jordão, junto com as Pedras do Bauzinho e de Ana Chata. Sendo a de maior altitude do conjunto (com seu cume se situando a cerca de 1950 metros de altitude), a Pedra do Baú acaba sendo a mais procurada por alpinistas de ocasião e entusiastas do “trailing”, do pedestrianismo e outras formas de ecoturismo. É sem dúvida um bom motivo para demandar Campos do Jordão em uma visita.

Um desafio com recompensa

O Baú está situado a apenas 30 km de Campos, embora já do lado de São Bento do Sapucaí. Só a viagem até lá já é um verdadeiro prazer para os olhos, se você aprecia as grandes paisagens e a natureza. Em chegando lá, precisa fazer cerca de hora e meia de caminhada pela trilha para chegar no topo, dependendo de sua condição física; é fortemente aconselhado levar um guia, pois pode ter obstáculos com um certo grau de dificuldade.

Fazendo o caminho durante o final da tarde, a recompensa é um pôr do sol absolutamente inesquecível. Atenção, pois novamente o guia é necessário para fazer a descida com a noite chegando.

O Bauzinho, para um programa mais leve

O Bauzinho, que tem esse nome precisamente por ser uma rocha mais pequena e mais fácil de vencer, é ideal para um programa leve, para pessoas com mais dificuldade física ou com crianças, por exemplo. A subida demora pouco mais de 10 minutos desde o ponto de estacionamento.

Notas

Além do guia, especialmente importante para os atletas que se atrevem a enfrentar o desafio do Baú, você deve ter em conta algumas notas. Traga alimentos leves e água isotônica; traga roupa esportiva e sapatos adaptados para trekking e montanhismo. Traga também uma blusa ou jaqueta, pois a temperatura lá em cima pode ser bem mais baixa que na base da rocha.