Festa da Cerejeira assinala 50 anos

Em 20Image result for Festa da Cerejeira de Campos do Jordão18, a Festa da Cerejeira de Campos do Jordão assinala seu 50º aniversário. A flor de cerejeira, uma tradição muito forte do Japão, tem ótimas condições para florir na Serra da Mantiqueira, por conta de seu clima fresco e temperado. Como sempre acontece, é no inverno que as cerejeiras jordanenses descobrem suas flores, criando um cenário de uma beleza cênica única. A Festa da Cerejeira se torna então um excelente pretexto para um convívio especial envolvendo a comunidade japonesa, que pode assim reviver um importante elemento da cultura de seu país de origem.

Para japoneses e brasileiros

Acontecendo nos finais de semana entre 21 de Julho e 12 de Agosto, a Festa da Cerejeira é também uma ocasião para os jordanenses e visitantes provarem o melhor da gastronomia japonesa, do sushi ao sashimi. O Tempurá, o Temaki e o Yakissoba são preparados por cozinheiros japoneses e tornam-se ótimos, quer para os apreciadores da gastronomia nipônica, quer para aqueles que não conhecem e tencionam provar e experimentar.

Outros atrativos do evento incluem as demonstrações culturais, não só do Japão (como o Ryubu Daiko, a música de tambores japoneses) mas também de outros países. A edição de 2018 incluiu:

  • o Grupo Volga, com música e folclore da Rússia;
  • o grupo Rambynas, com música tradicional da Lituânia;
  • o Sakura Golden, um projeto de covers de música da Coreia do Sul (K-Dance).

Claro que o passeio pelos bosques floridos e coloridos de cerejeira é um ponto obrigatório do programa, sendo que é possível visitá-los mesmo nos dias úteis, em que não existe o serviço de restaurante e as outras atrações.

A Beneficência Nipo-Brasileira de São Paulo é a entidade responsável pela organização do evento.

Diversidade turística em Campos do Jordão

Conciliando a Festa da Cerejeira com o Festival de Inverno, o maior evento de música clássica da América Latina, Campos do Jordão se estabelece como um excelente destino turístico, de importância nacional.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *